04/05/2017

    Próximo e acessível

    Aos 46 anos, Wilson Lirmann é o primeiro brasileiro selecionado para presidir a Volvo na América Latina.

    Com larga experiência na companhia, o novo presidente do Grupo Volvo América Latina acredita na proximidade com o mercado para dar respostas rápidas às demandas dos clientes.

    Acompanhe a entrevista do executivo à Eu Rodo.

    Eu Rodo – Fale sobre sua experiência e o caminho que o levou à presidência da Volvo.

    W. Lirmann – Minha trajetória na Volvo começa em 1990 como estagiário de engenharia mecânica. Depois de me formar, passei algum tempo fora da empresa, na área de papel e celulose, e retornei em 1995. De lá para cá passei por várias áreas, no Brasil e na Suécia, como desenvolvimento de produto, planejamento estratégico, desenvolvimento de concessionárias e pós-venda. Mais recentemente, fui diretor-executivo da Lapônia Veículos, concessionária da marca no interior de São Paulo. Tudo isso me deu uma ampla visão da companhia e do que podemos fazer para entregar soluções de ponta, seja em produtos, seja em serviços. Nesses últimos anos, atuando na concessionária, tive o privilégio de estar muito próximo dos transportadores todos os dias. Isso vai me ajudar a focar ainda mais o trabalho que fazemos na Volvo para o sucesso dos nossos clientes.

    Eu Rodo – Em sua opinião pessoal, quais são os principais diferenciais, as fortalezas da Volvo?

    W. Lirmann – Temos uma das marcas mais valorizadas do mercado, uma posição que conquistamos numa longa jornada, em décadas. A imagem que temos é de um parceiro de negócios confiável, com produto de qualidade e excelente desempenho. Somos também uma referência em segurança e meio ambiente na indústria automotiva. Temos uma sólida posição de destaque não só com nossos clientes, mas perante toda a sociedade, que nos reconhece como uma marca responsável.

    Eu Rodo – E em que pontos a Volvo pode melhorar?

    W. Lirmann –
    Resumo numa única palavra: Serviços. Mais do que o tradicional pós-venda, que envolve oficina e peças, há um amplo campo para melhorar o desempenho das operações de transporte com serviços que melhoram a produtividade dos caminhões. Desde muito cedo a Volvo teve preocupação com serviços. Mas agora, com toda a conectividade que existe, isso ganha novo impulso. Hoje temos um conceito de veículo conectado. É possível acompanhar o desempenho de cada caminhão Volvo remotamente, em tempo real. Com esses dados podemos dar todo tipo de consultoria aos transportadores, prever paradas e custos inconvenientes. O grande desafio é utilizar cada vez mais essas informações e transformá-las em dados de gestão e produtividade para os transportadores. Esse é um dos grandes diferenciais Volvo. Podemos ajudar nossos clientes a irem ainda mais longe.

    Eu Rodo – O mercado brasileiro de caminhões está com baixos volumes. De onde virá a reação e como a Volvo está passando por esta fase?

    W. Lirmann –
    Recentemente anunciamos investimos de R$ 1 bilhão na América Latina. Isso mostra nossa confiança em longo prazo. Temos aprendido com nossos clientes que a melhor forma de passar pela crise é trabalhando de forma enxuta, cortando todos os excessos, mas sem perder foco na qualidade e entregas. Estamos focando ainda mais no que realmente faz a diferença para ajudar nossos clientes a serem cada vez mais produtivos. Temos certeza que a reação virá à frente. Mas tem que ser uma reação sustentável, baseada no crescimento real da economia e na demanda por transportes. Precisamos de base, de estrutura. Artificialismos isolados para aumentar volumes não são saudáveis para o mercado.

    Eu Rodo – O que os clientes Volvo podem esperar de você?

    W. Lirmann – Proximidade, transparência, determinação para melhorar e entregar serviços e produtos que tragam valor para o sucesso deles. Não falo apenas de mim. Esse é o caminho que vou estimular em toda a organização Volvo, na fábrica e nas concessionárias. Estando ao lado dos clientes vamos compreendê-los cada vez melhor, ajudá-los em seus desafios e crescer junto com eles quando chegar o momento.

    Comentários

    RSS
    CARREGAR VERSÃO PARA COMPUTADOR